Crepes de arroz e um convite para jantar

Hoje trago mais um convite para jantar da Ana mas desta vez foi a Suvelle Cuisine que lançou o tema e não podia ter escolhido melhor.

Nesta 3ª edição trago mais uma personagem que adoro bastante, acho que para quem nasceu nos anos 80 basta ouvir esta musica para voltar a ser criança, pelo menos comigo aconteceu isto alguns dias atrás. Era impossível não escolher a Ariel a Pequena Sereia, sabia as músicas deste filme todas e ainda na versão em Brasileiro. A VHS deve ter tocado vezes sem conta lá em casa com as amigas, as colegas de escola, os sobrinhos e com a família. Era completamente viciada neste filme, e como todas as crianças sonhava ser uma sereia.


O melhor deste convite não foi a receita em si, mas o que me levou a escolher A Pequena Sereia. Com o passar dos anos já nem me lembrava deste filme nem da boneca questão, até que neste Natal alguém ofereceu à minha sobrinha de 5 anos a boneca original da Disney que encontram nas imagens. Lembro-me de ter olhado para a boneca e pensar, que sonho seria ter esta boneca em criança. Quando a Su lançou o novo tema pensei logo em falar com a minha sobrinha sobre a boneca e então foi isto que aconteceu:

Eu: Ainda tens a Sereia Ariel?
Ela: Xim tia tenho, porquê?
Eu: Podes emprestar à tia por um tempinho?
Ela: (os olhos dela brilham) posso, queres brincar com ela?
Eu: Não! Quer dizer sim...é que a Tia tem um blog e vou ter de lhe fazer um jantar.
Ela: (sorri) e diz está na minha casa podemos lá ir buscar agora.
Ela: (segundos depois) mas tia ela é uma boneca e ela não come sabias?!

Tentei explicar melhor e lá fomos a casa dela buscar a sereia, por mais estranho que pareça estava como nova e ainda com as roupas originais, eu vibrei quando passado segundos ela me diz queres ver o filme, tenho-o aqui :) e acabámos por ver as duas partes do filme original (já na versão em Português) o que para mim foi uma desilusão, sei que tem a sua lógica nos dias de hoje mas não é a mesma coisa.

Acabou por me dar a boneca sem qualquer hesitação. Passado uns dias viu-me e antes de me dar um beijo pergunta logo, tia já meteste a Ariel no teu blog? Achei lindo, mesmo sabendo que ela não faz a mínima ideia do que é um blog. Este post não é só um voltar à infância é sentir que passados quase 30 anos ainda há meninas por aí a cantar as musicas do filme da Pequena Sereia mesmo com milhões de filmes de expulsões, 3d e princesas bem mais bonitas à sua volta. Um bom filme é sempre bom!

Voltando ao jantar, pensei em oferecer a Ariel algo que lhe fizesse lembrar o mar mas não fosse obrigatoriamente peixe, foi então que surgiram estes crepes de arroz bem leves com um toque muito ligeiro a molho de peixe e foi assim que jantámos ao som desta música.

Um muito obrigado à minha querida sobrinha que é a princesa mais bonita do mundo, e que em breve vai ter a Ariel de volta (com muita pena minha).


Ingredientes: 6 crepes
6 folhas de arroz
6 fatias de beterraba crua
1/2 courgette
2 rabanetes
1 cebolinha
1 chav. de Oriente Rice Thai Jasmin
3 colheres de sopa de rúcula
2 colheres de sopa de rebentos de soja
salsa para decorar

Molho:
1/2 colher de café de molho de peixe
1 colher de café de vinagre balsâmico
1 colher de café de molho de soja
1 colher de chá de azeite
1 colher de chá de açúcar mascavado
sal e pimenta q.b.
água q.b.
sementes de sésamo tostadas q.b.

Comece por cozer o arroz com uma pitada de sal, de seguida corte todos os ingredientes para ser mais fácil na montagem no crepe. Eu cortei a beterraba em forma de estrela para dar uma certa graça, os rabanetes foram cortados o mais fino que conseguir e as courgettes aos palitos (tipo juliana), à rúcula juntei aos rebentos de soja e temperei com sal, pimenta, azeite, soja, vinagre balsâmico e reservei. A salsa e a cebolinha foram cortadas normalmente. Depois do arroz cozido, passar por água fria para arrefecer mais rápido e ajudar a tirar a goma.

Para começar a preparar os crepes tente ter todos os ingredientes por perto e seguir os passos da imagem, existem várias maneiras de enrolar este tipo de crepes esta para mim foi a que achei mais fácil e penso que depende muito do que é colocado no interior, as courgettes ajudaram a definir a forma do crepe.







 Depois dos crepes finalizados acabei por fazer um molho, tendo como base água, o molho de peixe, o de soja, uma pitada de vinagre balsâmico, azeite, açúcar, o resto da cebolinha e as sementes de sésamo tostadas na hora. Eu não sou dada a molhos Asiáticos fortes, gostei deste porque achei que acabou por ficar muito leve com ajuda da água e do açúcar.

As folhas de arroz podem comprar (bem baratinho) nas lojas de produtos Asiáticos no Martim Moniz em Lisboa existem
de vários tamanhos e até em meia-lua, nestes crepes comprei o tamanho mais pequeno (16cm).
Receita inspirada deste fantástico livro.

26 comentários:

  1. OMG... Andas-me a provocar com estes almoços light. Qq dia apareço aí ah hora de almoço.

    AMEI as fotos!
    Parabéns :***

    ResponderEliminar
  2. O que posso dizer? Tenho a VHS bem guardadinha no sótão dos meus avós e ainda sei de cor a música "o fruto do meu vizinho, parece melhor que o meu..o sonho de ir lá em cima,eu creio é engano seu.."
    mais uma vez parece-me que leste os meus pensamentos! e os crepes de arroz...que maravilha! andava à procura de novos recheios, vou testar este mas sem beterraba ( que não aprecio muito).
    uma participação fantástica :) um beijo***

    ResponderEliminar
  3. Quem não gosta da Ariel? Também eu sei a música na versão brasileira que até acho mais bonita. E do seu fiel amigo Flounder e o casquinha de siri Sebastião que giros que eram!!!
    Belas memórias...
    Foi uma bela participação! e que coisa boa estes teus crepes..mas para mim só sei a beterraba que por mais que queira não consigo gostar nem um 'cadinho!

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  4. Ohhh a boneca é mesmo gira... A minha Arieu (sim e não era Ariel) também cantava em português do brasil... Tem tudo um ar delicioso!

    Bom fim de semana ;)

    ResponderEliminar
  5. Olá Marmita, parabéns pelo post tão ternurento;)
    Os teus crepes parecem-me perfeitos para a pequena sereia;)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Olá, conheci o blog há uns dias e fiquei deliciada..deliciada com as receitas, com as fotografias, com a clareza, com o tipo de letra escolhido e com as receitas perfeitas! Adorei a rúbrica de convidar alguém para jantar..magnífico!

    ainda estou a explorar, mas estou a gostar muito! Parabéns pelo projecto :)

    ResponderEliminar
  7. Oh, que belíssima participação! A Ariel era a minha favorita em pequenina, adorava ver o filme vezes e vezes sem conta :) Levaste-me agora à infância...e o quanto eu gostaria de ter uma boneca assim naqueles tempos.
    A tua sobrinha é uma querida, adorei. E esses rolinhos foram boa escolha.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Marmita, que participação mais encantadora, até sorri ao ler-te...!
    Também eu delirei com a Ariel e vi o filme VHS não sei quantas mil vezes, na versão brasileira, claro! Há algum tempo comprei o dvd e também me senti desiludida, não é a mesma coisa com as vozes em inglês, ou no nosso português... A boneca é linda, realmente como seria feliz se a tivesse nessa altura!!!
    Os crepes ficaram magníficos, lindos e perfeitos!
    Adorei!!:D
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. A Ariel não é do meu tempo, mas vi esse filme vezes sem conta com a minha filha. E gosto tanto que vejo sempre que nos lembramos.
    A receita, o que dizer? Fantástica, leve e muito bonita à vista.
    Um beijinho e uma Páscoa Feliz

    ResponderEliminar
  10. Era uma personagem muito bela e esperta :) Bela participação com escelentes imagens e receita (nunca comprei folhas de arroz, acho que aqui não há). Que sorte a tua sobrinha te emprestar a boneca :)Deves ser uma boa tia ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Adoro a Ariel, adoro a história e adoro estas fotos.
    A tua sobrinha é linda e o que me fez sorrir quando te informou que a Ariel é uma boneca e não come :D
    Os crepes estão fantásticos!!!
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  12. Marmita,
    Parabéns pela linda participação... Também gosto da Ariel embora não seja do meu tempo, mas vi o filme varias vezes. As crepes estão com um aspeto fantastico.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. Oh Marmita...
    Achei este post simplesmente delicioso por várias razões. Primeiro, porque a Ariel era uma das personagens que vivia na imaginação de todas as meninas... que bonito cabelo e que belíssimas escamas (e que para mais não ganhavam nunca celulite :P)
    Depois porque achei simplesmente amoroso a história de partilha com a tua princesinha :D... acho que agora devias mesmo tirar umas horinhas para brincarem um pouco as duas às sereias ;)
    E claro, pela receita deliciosa que nos apresentas... e adorei o efeito "estrela do mar" :)
    Obrigada pela participação

    ResponderEliminar
  14. Oh Marmita... e já agora... nem pensar em dar peixe a uma sereia pois claro :P

    ResponderEliminar
  15. E pronto, fiquei com uma lágrima no canto do olho e com uma vontade de provar estes crepes. Adoro as fotos Marmita. Um beijinho. Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  16. Fantástico, maravilhoso, magnifico, bem... podia ficar aqui a deixar-te elogios a este fabuloso post!
    A receita e a convidada são excelentes mas as tuas fotografias... simplesmente parei "especada" ♥♥♥ Estão linnnndas!!!
    Parabéns querida, excelente participação!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  17. Fiquei comovidíssima.. Pela pequena sereia, pela boneca da pequena sereia, pela tua sobrinha, pela história, pelas minhas memórias do filme 'em brasileiro também'. Por provavelmente ter sido o filme disney que mais vezes vi e revi em minha casa e na casa de amigas ( o outro seria o aladdin). Por ainda hoje ser um dos meus filmes preferidos. Por tudo aquilo que associo à minha infância e por ainda ter a música 'Aqui no mar' no meu ipod shuffle e qd está frio aqui em Inglaterra ( quase sempre) ser a única coisa que me aquece o coração e me dá vontade de dançar, mesmo quando estou no meio da rua..e danço e não quero saber..tal como a pequena sereia.

    ResponderEliminar
  18. Olá a todas, muito obrigada pelos comentários este post veio mesmo do fundo do coração. beijos

    ResponderEliminar
  19. Querida Marmita, estivemos mesmo em sintonia a semana passada :) é isto que gosto nos blogs, sem conhecermos as pessoas pessoalmente, com o tempo vamos ficando a conhecer certos gostos e personalidades :) um beijinho e obrigada**

    ResponderEliminar
  20. Marmita,
    Está tudo tão lindo e feito com tanto cuidado e amor. Eu tb adoro esta personagem, não a da Disney pq nunca vi o filme, mas o conto de fadas. Ainda hoje me comovo a ler como ela trocou a sua vida pela do seu príncipe.
    Que sorte três a tua sobrinha perto de ti...
    Bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  21. ahahah...a sabedoria das crianças :) num aparte, a boneca de facto é perfeitinha!

    Quanto à receita, tem excelente aspecto!

    ResponderEliminar
  22. Apesar da Ariel não me dizer muito (sou do tempo do Bambi e só tenho rapazes em casa...), adorei as fotos e achei o prato muito bem escolhido!
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  23. OMG! Isto não vale! Somos mesmo parecidas. Estava a pensar convidar a minha amiga Ariel que vi mil e quinhentas vezes o filme e que agora tenho andado a rever outras mil e quinhentas, pois a minha filha adora também.
    Adorei tudo, a convidada (claro), a apresentação, as fotografias. Fantástico!

    ResponderEliminar
  24. Que fotos lindas!
    A convidada faz-me recuar até à minha infância...e é tão bom recordar os tempos de miúda.
    A participação no passatempo é fantástica. Foi um prato bem escolhido e confeccionado!

    ResponderEliminar

Muito obrigada por visitarem a minha Marmita!