Ostras ao natural e gratinadas

Em 2011 passaram por , não posto mais vezes porque normalmente comemos sempre ao natural mas este ano decidi pela primeira vez levá-las ao forno e não é que adorámos! Perde-se um pouco aquela explosão de mar na boca mas ficam óptimas, deixo as duas versões pois o Sr. cá de casa matava-me se as tivesse colocado todas no forno. As ostras em França comem-se com limão e mais nada minha menina, diz ele!


Ingredientes:
1 kg de ostras frescas
1 limão
1 ovo
1 colher de café de mostarda l'ancienne
sal, pimenta e mostarda de moer,
2 talos de salsa frisada
queijo parmesão q.b.

Lavar as ostras com uma escova e água fria e abrir com cuidado confesso, que nunca abri uma porque é sempre trabalho que deixo para o meu marido no entanto, deixo novamente este link com a explicação detalhada para uma abertura segura.

Depois de abertas colocar numa superfície plana, eu usei sal grosso como base porque ajuda a não tombarem a água que trazem no interior. Para as naturais convém não retirar a água, mas para as que foram para o forno eu retirei.
Numa tigela coloquei o ovo batido temperado com sal, pimenta e mostarda de moer e, de seguida a colher de mostarda mexer novamente, adicionar a salsa picadinha e colocar com cuidado por cima das ostras antes de levar ao forno ralar um pouco de parmesão. No total este molho deu para 4 grandes ostras e as outras 4 comemos apenas com limão, levei as outras 4 ao forno mesmo com o sal por baixo para não tombarem o preparado durante 35 min a 180º.

É um óptimo petisco! Posso já dizer que me levou algum tempo a gostar de ostras porque como quase toda a população portuguesa fui habituada desde pequena a comer marisco sempre bem temperado e cozinhado como tal, foi difícil aprender a gostar de algo tão simples e natural como as ostras. Para as pessoas como eu digo para voltarem a tentar provar, não deixem que a primeira prova vos assuste foi o que eu fiz e não me arrependi.


25 comentários:

  1. Olá Marmita,
    a 1.ª vez que comi uma ostra crua...buáaa não gostei!
    Vendo tantos comer com tanto entusiasmo insisti... insisti e aprendi a gostar, ahahah!
    Assim no forno, acho que ia gostar ainda mais. Que belo aspeto têm!
    Tenho um passatempo de aniversário no meu blogue, adora contar com a tua participação... vens dai?
    Feliz 2013, temperado com alegria, recheado com muito amor e coberto com imensos sonhos realizados.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Adoro Ostras! Têm um sabor a mar que me agrada a 100%. Já fiz gratinadas e também gosto muito.
    Ficaram lindas e essas fotos ficaram perfeitas. Parabéns!

    Beijinhos e Feliz 2013

    ResponderEliminar
  3. Tenho tanta pena de nao gostar... So de olhar para a tua foto, apetece...

    ResponderEliminar
  4. As fotos estão lindas! :)

    ResponderEliminar
  5. infelizmente as ostras e eu, eu e as ostras não temos uma relação lá muito famosa... :)
    De qualquer forma aproveito para elogiar as fotos e as delícias aqui publicadas!
    Já me tornei seguidora.
    Aproveito para fazer o convite, em forma de pedido,para visitar meu blogue. E se gostar não deixe de adicionar!

    Beijinhos

    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Que bom Marmita!
    Adoro ostras, cruas, gratinadas... Mas umas das melhores que me lembro de comer foram acabadinhas de apanhar directamente para a grelha, até começarem a abrir muito ligeiramente. Estão prontas, é só abrir o resto e espirrar com limão! De morrer
    Essa misturar para gratinar também só pode ficar boa :) bjs e lindas fotografias mais uma vez!

    ResponderEliminar
  7. Olá Marmita
    Já estou a salivar. Ostras!!!!!!!! Costumo dizer que se fosse condenada à morte escolheria para última refeição ostras ao natural. São o mar na boca e sem dúvida o meu prato de eleição. Confesso que estou com o Sr. aí de casa: ao natural só com limão (ou com lima, também gosto). Mas a tua versão no forno merece uma experiência.
    Boa semana!
    Guida

    ResponderEliminar
  8. Depende, em França também é muito comum gratiná-las com Champagne, e ficam deliciosas :)

    ResponderEliminar
  9. Eu gosto de Ostras, mas devo dizer que não o meu 'petisco' predileto. Mas assim gratinadas... confesso que me captaram a atenção ;)

    ResponderEliminar
  10. adoro as fotos :)! ostras nem por isso...mas têm tão bom aspecto que acho que me sentiria tentada!

    ResponderEliminar
  11. Faz imenso tempo que não como ostras!!!! Mas estou como o Sr Aí de Casa: ostras são servidas cruas e com limão, mais nada minha menina :p

    ResponderEliminar
  12. Adoro ostras!
    gostava de experimentar essa versão gratinada :)

    ResponderEliminar
  13. Eu gosto tanto de ostras...costumo sempre comer no Natal, mas este ano o mariscador de servico nao estava disponivel. Ao natural nunca me atrevi a provar, mas posso dizer que costumo come-las quase ao natural. As tuas gratinadas ficaram com um aspecto optimo.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Nunca provei ostras, acreditas? Mas quero tanto sentir esse mar :)
    Está na minha lista "to try before i die" hehehe.
    Adorei as fotos e as frases. Quero provar e se não gostar vou fazer o que dizes, voltar a provar até gostar :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Gosto da forma como apresentas as tuas ostras.
    Kiss, Susy

    ResponderEliminar
  16. Parecem deliciosas. E adorei as fotos. <3

    ResponderEliminar
  17. Que maravilha de ostras
    beijos

    ResponderEliminar
  18. Apenas provei uma vez e ao natural, e não gostei particularmente.
    Vou experimentar no forno, talvez me agradem mais. :)
    As fotos estão maravilhosas!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. Que cores maravilhosas. Adorei.
    Abraços e bom início de ano.

    ResponderEliminar
  20. Muito lindo! ;)

    Beijinhos :*

    Olivia (http://alquimiadostachos.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
  21. Que bom aspecto... está de deixar água na boca!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  22. Marmita, minha querida, estou como a tua cara metade: adoro ostras mas só mesmo ao natural com umas pingas de limão. Sentimos o oceano na boca!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  23. Embora prefira ao natural, como das duas formas pois adoro ostras.Essa travessa é uma tentação!
    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Olá :)

    Ficaram tão lindas e convidativas essas ostras... mesmo a piscar o olhito, embora eu não tenha assim um relacionamento muito intimo com elas, passamos um pouco à margem uma da outra ! :)

    Beijinhos

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  25. Ao ver essa linda travessa...fiquei com a certeza que ia adorar as ostras gratinadas! Muito apelativas!
    Bjinhooos

    ResponderEliminar