Vieiras com bacon e alho preto



Mais uma receita com cheirinho às férias de verão que já parecem tão longínquas. Vi esta receita num daqueles folhetos de supermercado que acabei por a perder com o decorrer das férias. Chamou-me atenção pelas diferenças de sabor, o bacon com aquele sabor fumado e as vieras sempre tão delicadas, juntos,  pareciam perfeitos e de facto ficam muito bem. Para os unir lembrei-me do alho preto, penso que já tinha falado dele aqui e em Sevilha encontrei uma caixinha cheia de alhos pretos à venda a um preço muito atractivo, vieram comigo, assim como as vieiras de França e o bacon é nosso. Pena não dar para reproduzir o perfume que ficou na minha cozinha.

Deixo a receita para caso queiram reproduzir, para os mais saudáveis desculpem a manteiga mas França é França não há como fugir à manteiga.

Boa semana!



Ingredientes: (2 pessoas)
400g de vieiras (usei congeladas e sem a parte laranja)
1 fatia de bacon fumado por cada vieira
3 dentes de alho (usei do preto)
2 colheres de sopa de manteiga com sal
1 colher de chá de maisena
130 ml de água
sal, pimenta de moer

Comece por descongelar as vieiras, retirar a parte laranja, lavá-las muito bem e secar com um guardanapo de cozinha.

Depois de secas enrole uma fatia de bacon a cada uma e leve a uma frigideira anti aderente ou a uma grelha sem qualquer gordura, o ideal é que a gordura do próprio bacon se solte e torre ambos os lados, não deixe demasiado tempo para que a vieira não coza demasiado.

Para o molho, leve a manteiga ao micro ondas uns minutos para ficar mole. Num almofariz coloque os alhos e dê umas pancadinhas que eles por si já são muito moles, junte 1 colher de sopa da manteiga derretida para ser mais fácil envolver e leve ao lume baixinho com a água. Deixe ferver, tempere e junte a maisena, mexa até atingir a consistência desejada.



Sirva as vieiras ainda mornas com o molho como refeição ou como uma entrada. Nós por cá fizemos um arroz basmati a acompanhar.



Limonada Brasileira



Antes de ir de férias recebi uma newsletter da Bimby no meu correio electrónico a desejar umas boas férias, acompanhada com esta receita. Fiquei bastante curiosa porque tinha todos os ingredientes para dar certo: coco, lima, frescura e muito perfume. Mal cheguei, fui em busca de umas boas limas e aqui está ela, para partilhar convosco. Não sei se ainda vou a tempo do calor, no fim-de-semana passado esteve óptimo por aqui, por isso, não queria deixar esta receita nos rascunhos do blogue por mais um ano.

Para os amantes de coco e lima, aqui vai uma receita muito mas mesmo muitoooo rápida, fresca e com um toque tropical.

Agora um à parte, alguém por aqui tem a Bimby 5ª geração (TM5), é mesmo muito boa como dizem? Existem grandes diferenças da antiga ou nem por isso? Estou com muita curiosidade mas ainda com mais dúvidas!



Uma boa semana, de preferência com calor!




















.  Receita para 1 litro .

Ingredientes:
100 g açúcar
3 limas cortadas em quartos 
400 g leite de coco 
400 g água de coco 

Coloque todos os ingredientes numa liquidificadora ou num robot de cozinha e prima a tecla turbo 2 vezes ou no máximo durante 2/3 segundos.

Coe a limonada para um jarro. 

Reserve no frigorífico até ao momento de servir. 

Querem algo mais fácil, impossível!!!


Salada de cogumelos e nectarina

Durante as férias enquanto esperava acabar uma sesta do mais novo, vi num programa de cozinha na televisão francesa um chef a fazer uma salada com cogumelos crus. Já tinha reparado que isso era uma coisa usual por lá, confesso que fiquei ansiosa para provar e logo durante as férias fiz uma salada. Fiquei fascinada, ficam muito bons, nada intensos como pensava eu que iriam ficar. Acho que de todo o tipo de cogumelos que já comi os secos são de longe os mais fortes e alguns até enjoativos se não forem demolhados o tempo suficiente. Mas crus são fantásticos, fiquei fã.

Sei que há pessoas que descascam os cogumelos crus antes de os cozinhar, nunca o fiz e confesso que até acho um grande desperdício, porque maior parte do cogumelo vai todo à "vida". Também nunca os lavo, normalmente passo um papel de cozinha ou uma escova onde existem alguns vestígios de terra (chamem-me nomes, mas odeio quando ficam ensopados em àgua) e já ouvi várias vezes o amigo Jamie Oliver a dizer que também não os lava, se é certo ou não... 

Se gostarem de cogumelos, arrisquem e façam uma saladinha como esta ou até um carpaccio de cogumelos para entrada. Para iniciar, o ideal é que os cortem bem finos, quase como uma batata frita - usem uma mandolina ou uma faca bem afiada, mas depois arrisquem, pois há toda uma variedade de cogumelos para provar crus por aí. Nas lojas chinesas do Martim Moniz, por exemplo, encontram cogumelos lindos e muito baratos, passem por lá!

Deixo agora a receita da salada, inspirei-me num livro do Jamie para o toque especial das pecas, o resto é o que havia cá por casa.


. Receita para 2 pessoas .

Ingredientes salada:
1 laranja
1 nectarina
2 mãos cheias de salada campestre (folha de ervilha, red oak, canónigos e cebolinho)
2 cogumelos marron
1 mão cheia de mirtilos
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de açúcar mascavado
80g de noz pecan

Comece por colocar a manteiga e o açúcar numa frigideira anti aderente, deixe derreter lentamente e quando ambos os ingredientes estiverem unidos, adicione as nozes. Deixe que estas caramelizem, mas sem deixar torrar. Desligue e deixe que elas arrefeçam num prato.

Numa travessa para salada, comece por colocar os ingredientes uma a um. A mistura da salada, a nectarina e a laranja cortada em gomos. 

Os cogumelos como eu já referi acima, corte-os bem finos com ajuda de uma mandolina ou uma faca bem afiada. Junte-os à salada, com as nozes e os mirtilos.


Ingredientes molho:
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre bálsamico
sumo de 1/2 laranja
1/2 colher de sopa de mostarda Dijon de figo e coentros
1/2 colher de sopa de golden syrup
sal/pimenta 

Numa pequena tigela para molhos e com ajuda de uma vara de arames, comece por colocar os ingredientes líquidos. O azeite, o vinagre e o sumo de laranja, envolva bem e  de seguida junte a mostarda, o golden syrup ou outro adoçante que prefira e misture tudo novamente. Tempere com sal, pimenta, e regue a salada.

Frango com gengibre e leite de coco



De volta à realidade... 

Confesso que estava com algum receio em viajar com um bebé de 8 meses tantas horas, avisaram-me que poderia tornar-se num pesadelo, mas enganaram-se, foi maravilhoso! Claro que fizemos as coisas com calma, com muitas paragens, com dormidas pelo meio da viagem que acabou por ser uma maneira de conhecer novas cidades, bem bonitas por sinal. As refeições, essas foram mais pensadas e com marmita especial para o mais novo. Voltámos à nossa Sevilha a três e foi maravilhoso, percorremos as nossas tapas, demos os nossos passeios a final do dia e muitos banhos de piscina, foi realmente muito especial para mim começar assim as férias! 

Correu tudo lindamente, confesso que antes de partir estava à espera de voltar aqui em setembro para me lamentar um bocadinho e dizer que precisava de umas férias das férias. Mas nada disso, tive direito a algumas sestas em conjunto e até a um dentinho novo que decidiu aparecer para alegrar ainda mais as nossas férias e trincar umas baguetes francesas.


Como já vem sendo habitual, conto mostrar por aqui algumas receitas com sabor a férias... Talvez só na próxima estação, que é para poder "viajar" mais um bocadinho sem sair da minha cozinha.

Sabem que setembro é sempre um "inicio" para mim e como eu não gosto de aparecer sozinha em lado nenhum, trago mais uma cocotte de derreter o coração da Le creuset. Verde é uma cor que, apesar de não ser das minhas preferidas no dia-a-dia, me surpreendeu muito em versão cocotte, adoro-a. Dentro deixo-vos um frango com perfume a gengibre e coco, um toque de cebolinho e um puré de curgete e hortelã que em breve partilho por aqui também.


Que este "novo" ano me reserve mais algum tempo para o blogue e mais dentinhos para alegrar o maior sorriso do mundo (eu avisei que este ano ia aparecer por aqui muita lamechice).


. Receita para 4 pessoas. 

Ingredientes:
1 frango médio
1 cebola grande
4 dentes de alho
1 talo de aipo (tamanho do dedo polegar)
1 colher de sopa de gengibre em pó
4 colheres de sopa de azeite
70 ml de cerveja
500ml de leite coco
1 colher de sopa de sumo de limão 
sal, pimenta q.b.
1 pacote de cebolinho (20gr)

Comece por partir o frango em pedaços pequenos, tempere com o gengibre e o limão e reserve.

Numa cocotte bem quente, adicione o azeite e de seguida junte os dentes de alho partidos, a cebola laminada,  o aipo partido em pedaços pequenos, deixe fritar um pouco e junte o frango. 

Cozinhe o frango durante 5 minutos e junte a cerveja. Tempere com sal e pimenta, coloque a tampa e deixe cozinhar em lume médio durante uma hora, mexendo pelo menos de 15 em 15 minutos.

Numa caçarola, verta o leite de coco e deixe ferver.

Transfira o leite de coco para a cocotte, junte o cebolinho e deixe cozinhar por mais 5 minutos.

Verifique os temperos e sirva bem quente com arroz ou puré de curgete.









Gelado de amoras e iogurte



E finalmente quase em agosto, com ele, trago uns gelados bem rápidos e fáceis de fazer. Não são uns Santini, mas para os gulosos sem grande tempo disponível, são perfeitos. A fruta pode ser a gosto, penso que resultará com qualquer fruta. Eu escolhi amoras porque já as tinha algum tempo no congelador e estava na hora de acabar com elas. Ficaram com uma cor linda e um sabor bem frutado, o iogurte grego deu-lhe a cremosidade e a baunilha um toque especial.

Com estes gelados desejo a todos umas boas férias. Aos que já vieram um bom regresso e aos que ainda vão, um falta pouco! 

Já sabem que setembro para mim é um começo do novo ano, e este ano, que ano! Foi um ano tão especial. Esta "coisa" da maternidade fez com que tudo muda-se, mas para melhor acreditem. Ok, o tempo parece que voa, mas sabe tão bem chegar a casa e ser recebida por um sorriso quee me derrete muito mais rápido do que estes gelados nesta sessão.

Pela primeira vez vamos de férias os três, aposto que vai ser especial. Muitas coisas vão ser feitas da mesma maneira, porque gostamos que ele sinta que faz parte de nós. Mas outras, serão diferentes e com toda a certeza uma descoberta para os três como tem sido todo este ano. 

Até breve! 


. Receita para 8 gelados .

Ingredientes:
400g de amoras (usei congeladas)
5 colheres de sopa de açúcar mascavado
1/2 colher de sopa de sumo de limão
1/2 colher de sopa de baunilha (usei em pó)
250g de iogurte (usei um ligeiro tipo grego)

Comece por fazer uma breve compota de amora. Num tacho ou na Bimby coloque as amoras com o açúcar, a baunilha, o sumo de limão e leve ao lume durante aproximadamente 15 minutos ou até as amoras estarem bem dissolvidas e ferverem no açúcar, vá mexendo para não pegarem no fundo.

Antes de deixar arrefecer por completo, coe as amoras para retirar as sementes que acabam por ficar desagradáveis ao comer o gelado.

Deixe a compota arrefecer por completo e junte o iogurte, mexa até ficar bem envolvido e verta para as formas de gelado. 


Leve ao congelador pelo menos durante 4 horas.

Desenforme passando um pouco de água quente na base da forma e coma de imediato.

Boas férias!