Pão caseiro

Sei que fazer pão é uma arte, há quem adore ficar amassar durante não sei quanto tempo, ver a massa crescer e ficar a olhar para o forno a dourar... Desculpem a sinceridade mas a única arte que eu vejo no processo de fazer pão é mesmo a de comer! :)

Tenho máquina de pão há muito tempo e durante muitos anos fiz pão caseiro aos fins-de-semana. Mas como não adorava o sabor daquelas misturas de farinhas próprias para maquina do pão, fazia o seguinte: comprava a farinha de centeio, trigo ou integral, fazia eu a mistura das mesmas, acrescentava o azeite, sal, açúcar e água, e metia no programa amassar da maquina, retirava a massa e metia no forno com a forma que mais gostávamos, ficava maravilhoso! Até que perdi a pá da maquina (acho que foi até ao lixo passear), mandei vir outra mas nunca mais foi a mesma coisa... E agora o meu marido diz que a maquina está pronta mas é para ir para o lixo, mas acreditem que a usei muito. Pensei em comprar outra, mas a minha cozinha já está a rebentar pelas costuras e com a falta de tempo que tenho para tudo, tenho medo que acabe encostada no armário. 

Esta conversa toda para dizer que fiz pão manual, ok, sei que não está o pão mais bonito do mundo... Acho que precisava de crescer um pouco mais e ficou meio quebradiço, a farinha que usei foi sem glúten, senti falta da farinha de centeio, no entanto comeu-se todo! 

Digam lá se há melhor sensação do mundo do que comer pão acabado de fazer com manteiga ou azeitinho?



.  Receita para 750 g .

Ingredientes:
550g de farinha isenta de glúten
440ml de água
7g de levedura seca
2 colheres de sopa de azeite
20g de açúcar mascavado
5 g de sal (usei de aipo)

Coloque a farinha numa tigela, faça um pequeno buraco no meio e adicione lentamente a água morna, a levedura, o azaite, o açúcar e o sal.

Misture os ingredientes e deixe repousar 10 minutos. Amasse a massa até ficar homogénea. Cubra com película aderente e deixe levedar durante 30 minutos em local quente. 

Enfarinhe generosamente a bancada e divida a massa em pequenas ou grandes unidades. Coloque o pão num tabuleiro polvilhado com farinha deixe levedar durante 30 minutos. Leve ao forno a 200ºC com uma taça com água no interior e coloque no forno, deixando cozer por 20/25 minutos.

Se for como eu:
Adicione na cuba da máquina a água, o azeite e depois os ingredientes sólidos, previamente homogeneizados. Escolha o programa pão em glúten ou o programa básico, para um pão de 750g.

E leve ao forno como está descrito acima.



2 comentários:

  1. Sandra,
    Cá eu adoro pão fresco com manteiga. Quentinho a sair do forno e a manteiga a derreter. Isso sim, é terapia e da boa e concordo contigo. O melhor de todo o processo.
    Muito romance se escreve à volta do processo de fazer pão e por isso gosto de visitar este teu cantinho e ler os teus posts.
    Não há romance!!! Aqui encontra-se o dia a dia escrito por uma pessoa real, do dia a dia e sem romances e floreados desnecessários. Verdade é realidade é Não histórias escritas para embalar bebés.
    Belo pão e mesmo baixinho, já marchavam umas valentes fatias.
    Beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
  2. Gostei, fez me lembrar os bolos de antigamente, assim baixinho...
    Espero por si no meu blog http://pratosdabela.blogspot.com
    Bjinhos

    ResponderEliminar