Sanduíche de tremoço


Durante as férias numa noite a fazer zapping na tv parámos num canal que estava a dar a edição francesa do Masterchef, que por coincidência era gravada em Portugal, mais propriamente no Terreiro do Paço em Lisboa. Rapidamente nos captou atenção e ficámos a ver até ao fim, nos concorrentes ainda em jogo havia uma Luso-descendente, que como eles diziam, tinha algumas vantagens perante os outros concorrentes, fizeram uma prova de grupo e tiveram de confeccionar um menu com produtos do nosso país. O grupo da concorrente portuguesa fez uma espécie de puré/hummus que despertou a curiosidade ao meu marido e logo me pediu para fazermos assim que chegássemos a casa. Com o decorrer das férias esqueci-me rapidamente da receita que vi, no entanto, lembrei-me desta que tinha marcado já algum tempo no livro das sanduiches do chef Hugo Nascimento e foi desta que finalmente lhe retirei o post-it (podem ver outra receita deste livro aqui)

Era impossível não adorar esta receita, sou fan de tremoços desde que me conheço e achei a combinação de ingredientes perfeita. Voltarei a repetir com toda a certeza e acho que é uma óptima solução para um jantar de amigos, por ser bastante simples e por surpreender qualquer um pela originalidade. Aqui fica a receita para quem quiser experimentar.

Ingredientes: (4 pessoas)
200g de tremoço em conserva (descascado)
1 dente de alho
1 colher de chá de tomilho (folhas)
2 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de vinagre de vinho branco (vinagre balsâmico branco)
2 colheres de sopa de salsa fresca picada
pimenta q.b. (usei da verde)

Como o chef Hugo Nascimento diz esta receita não tem nada que saber...

Triture os tremoços sem casca com os restantes ingredientes e sirva sobre pão de mistura ligeiramente tostado e alguns legumes para ir petiscando (eu usei pepino e rabanetes).

Confesso que depois de termos comido como entrada ao almoço, o que sobrou comemos às colheradas à noite antes do jantar. 

Uma boa semana para todos.









13 comentários:

  1. Fiquei curiosa com esta receita!
    Nunca me passou pela cabeça usar tremoços numa receita... Vai já para a minha "To do list"

    ResponderEliminar
  2. Olha que boa ideia, nunca me tinha ocorrido usar tremoço dessa forma! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Fiquei curiosa com o sabor,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  4. Adorei, adorei... eu gosto tanto de "pastas" para barrar o pão, nunca me lembrei de fazer com tremoços, mas deve ser uma delícia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Confesso que não me lembraria de tal coisa... mas agora que deste o mote realmente parece-me uma ideia ótima até porque o tremoço é bastante nutritivo.
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro tremoços e experimentei pela primeira vez uma pasta de tremoço parecida a esta no restaurante Ucharia, de petiscos, na praça do Príncipe Real: adorámos todos, e a mesa não era pequena, ehehe.
    Fiquei com vontade de reproduzir em casa, mas nunca calhou. Agora já sei onde vir buscar a receita ;)

    ResponderEliminar
  7. Olá Sandra,
    Olha que ideia tão boa!! Fiquei com vontade de experimentar.
    Confesso que no livro, essa sugestão não me chamou de todo a atenção, talvez pelo facto de aqui não haver tremoços (ou pelo menos eu nunca vi), mas agora fiquei com vontade de trazer dai uns tremoços da próxima vez que aí for e experimentar esta maravilha.
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
  8. que original!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Adoro! Vou experimentar sem dúvida!

    ResponderEliminar
  10. Não há tempo para nada, nadinha. Às vezes tenho de andar a correr até para ir ao wc, lool, mas tinha de vir aqui comentar. porque se há coisa que adoro são tremoços e, para além disso, andei nem há 2 semanas a pensar: "porque é que ninguém faz nada com tremoços?". Mas como sempre, tu és uma adivinha e fazes o que eu ainda estava a pensar. :)
    uma das minhas melhores recordações da infância é estar num campo de tremoços e ouvir a "música" deles, a bater uns nos outros com o vento. É mágico!!

    Adoro-te, sabias? :)

    ResponderEliminar
  11. Vou experimentar de certeza. Somos todos fãs de tremoços lá em casa!

    ResponderEliminar
  12. Tenho que experimentar!
    Fiquei deliciada.
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Ansiosa por experimentar! Esta receita, para alguém vegetariano, é fantástica porque os tremoços estão cheios de proteína :)
    Depois digo como correu. Um beijinho*
    ofoatmealandwanderlust.blogspot.pt

    ResponderEliminar