Peixe-espada preto no Inverno

Dizem que comer peixe grelhado é melhor no verão, se calhar é mesmo mas aqui na Marmita por vezes as estações andam todas trocadas. Adoro beber iogurtes/sumos com fruta que só há no verão e para que isso aconteça tenho o congelador cheio de saquinhos de fruta para conseguir usufruir o máximo de vezes ao longo do ano. Infelizmente há fruta que nunca me atrevi a congelar com medo de perder o sabor, alguma vez congelaram meloa, melão ou abacaxi?

De volta ao peixe, adoro peixe-espada é sem dúvida o meu peixe preferido. Comprei um inteiro preto e decidi fazer umas postas frescas num domingo de Inverno para partilhar.



Ingredientes: (2 pessoas)
4 postas de peixe-espada preto fresco
1 cebola
1 dente de alho
150gr de couve cortada tipo caldo verde
azeite q.b.
sal, pimenta e mostarda moída q.b.
vinagre de vinho tinto q.b.
1 lata de feijão manteiga

Ingredientes molho
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
raspas de 1 lima (e o sumo se quiser, eu não usei)
4 alcaparras
2 colheres de sobremesa de mostarda L'anciene
tomilho fresco

Ligar o grelhador, deixar aquecer bem a grelha antes de colocar o peixe e uma dica de um Sr. de um restaurante para o peixe não agarrar pincelar o peixe e a grelha com uma mistura de óleo e água, acreditem que resulta.

Numa wok colocar um fio de azeite, a cebola, o alho e saltear tudo uns minutos. De seguida colocar a couve saltear novamente uns minutos e acrescentar água fervida (cobrir apenas a couve), deixar cozer a couve em lume brando. A água vai evaporando um pouco ao longo da cozedura ter cuidado para não deixar pegar ao fundo. Assim que tiver cozida, adicionar os feijões e deixar 2 minutos. Retirar a restante água com ajuda de um coador e voltar a colocar na wok já com o fogão desligado e temperar com mais um fio de azeite, o sal, a pimenta e a mostarda e por fim umas gotas de vinagre de vinho tinto para quem gosta.



Para o molho do peixe usei manteiga sem sal, derretida uns segundo no microondas numa potência média, adicionei as raspas da lima, a mostarda e o tomilho. Mexer tudo muito bem com a vara de arames e verter por cima do peixe ainda bem quente, se puderem tentem não tirar fotografias como eu pois acaba sempre por arrefecer um pouco e escusam de ouvir coisas do género:
Nesta casa não se come nada quente! (acho que não vale a pensa dizer quem disse tal coisa, certo?:)

17 comentários:

  1. Comida fria é um problema que só que se dedica a estes "filmes" compreende, tens o meu apoio!!!
    Abacaxi congela à vontade, apesar de hoje em dia haver disponível todo o ano sem problemas para o planeta, e eu acho que os outros também mas nunca experimentei. Penso que podes até fazer smoothies mais fresquinhos usando a fruta congelada, assim como sumos naturais.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Marmita
    Está tudo tão do meu agrado. Também é dos meus peixes preferidos e que me chega com regularidade, por mãos amigas, diretamente da doca. Costumo grelhar, mas quando é apenas para mim, no meu almoço solitário, cozo nas panelas de bambum, com legumes. Adoooooooro!
    As fotografias estão excelentes, justificando a comida fria ;)
    Boa semana!
    Guida

    ResponderEliminar
  3. ola Marmita, também sou um pouco assim... do contra:)
    Tambem adoro peixe, principalmente grelhado..
    bjus
    Cila

    ResponderEliminar
  4. Peixinho bom!!!!

    Adorei esse molho :)

    Bjocas

    ResponderEliminar
  5. Olá Marmita :) eu também adoro peixe espada e no Inverno sai muitas vezes assado no forno hehe mas peixe grelhado também se come muito no Inverno :) agora congelar fruta é que não é hábito. só framboesas e mirtilos e não durante muito tempo. beijinhos **

    ResponderEliminar
  6. É uma excelente ideia. Gostei desta refeição que parece ser tão saborosa!

    ResponderEliminar
  7. Prefiro a versão peixe espada branco por ser menos gordo,mas a tua sugestão deixou me encantada..Deve ser realmente bom...
    Bjoka
    Rita
    Participa no meu passatempo:
    http://bembons.blogspot.pt/2013/02/passatempo-bembons-sanimaia.html

    ResponderEliminar
  8. Tb gosto tanto de peixe espada preto! Um dos peixes que me sabe bem grelhado, nos almoços de domingo em casa dos pais. :)
    Bjs!

    ResponderEliminar
  9. Que optima sugestão....
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Não acho nada que peixe grelhado tenha de ser só no verão, nem pensar. Peixe grelhado é para todas as estações, AMO peixe grelhado. Peixe espada preto faz-me voltar atrás no tempo e ir até à ilha da Madeira, onde se come um peixe espada preto delicioso!

    Em relação a congelares meloa e melão, podes congelar à vontade, dá lindamente para fazer sumos ou gelados.

    Sim... comida fria! Como te compreendo... eheheh

    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Eu adoro comer peixe o ano inteiro, o meu pai todos os sabados faz peixe assado fresquinho em casa, excepto quando o mar ta bravo e nao ha peixe ou esta de chuva. O peixe de espada preto e dos meu preferidos, mas nem sempre e facil encontra-lo a venda. Adorei a tua versao.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Eu ja congelei melão e meloa... Que utilizo em sumos. Nao ficaram mal!

    ResponderEliminar
  13. Eu adoro comer peixe grelhado todo o ano! E então o peixe espada preto é rara a semana que não o coma grelhado, sabe-me tão bem, geralmente acompanhado de um esparregado de bróculos ou uma saladinha.
    Sabe tão bem peixinho fresco grelhado! :) Essa dica para não agarrar à grelha vou experimentar!!
    Geralmente congelo só bananas ou frutos vermelhos para batidos e sumos.
    Um beijinho querida.

    ResponderEliminar
  14. que rico blog, oxalá receba noticias vossas todos os dias :)

    ResponderEliminar
  15. Eu também gosto de peixe espada assim, grelhado, todo o ano.
    Fotos maravilhosas como sempre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Eheheh!! Onde é que eu já ouvi isso???
    Gosto muito de peixe-espada e tenho pena de não fazer mais vezes...

    ResponderEliminar
  17. Este molho também deve ser óptimo com outros tipos de peixe!
    Esse jogo do gato e do rato com as estações sabe muito bem :)
    Quase que nos víamos no workshop da Margão...
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar