Sanduíche de pica-pau


O mês de Setembro para mim sempre foi uma espécie de inicio do ano, mesmo anos depois de deixar a escola ainda o sinto. Normalmente tiro sempre férias em Agosto, o que ajuda a fazer uma espécie de "reset" antes que a azafama do trabalho comece. Este "novo" ano começa com algumas mudanças por aqui, porque mudar faz bem à alma e ajuda a seguir em frente com um novo olhar e de preferência a sorrir. 

Gosto muito de comprar livros, aliás gosto muito de comprar tudo o que esta relacionado com comida, mas livros, é viciante. Não sei se é o acto de desfolhar um novo livro e ir à procura da receita ideal, ou se é de os ter todos alinhados, marcados e dobrados prontos para a altura certa em que os tenho de abrir para usar. Gosto, pronto! Mas quando se tem uma colecção razoável de livros de culinária, a escolha começa a ser mais pensada e ponderada antes da compra, existem livros que são pouco criativos e com imagens de cortar a respiração, outros fantásticos, mas com ingredientes que não encontramos com facilidade na zona onde vivemos, outros tão bons que dão vontade de fazer todas as receitas no mesmo dia em que os compramos. Sei que as fotografias não são o mais importante, mas confesso, que para mim (que trabalho com imagens) são o que me leva a comprar a maior parte dos livros, e por vezes, apanho grandes desilusões à conta disso.


Hoje trago uma receita inspirada num livro diferente. Não o desfolhei antes de o comprar, comprei-o pela capa, aqui, pelo chef que adoro, mas principalmente pela temática que é diferente do habitual. Um livro de Sanduíches, algo tão Português e ao mesmo tempo, tão pouco explorado em livros. Foi exactamente por isso que o comprei, é um livro com imagens fantásticas, com receitas simples e outras mais "à chef", acho que é um livro que vale a pena, eu adoro e recomendo.

Lembro-me no lançamento ouvir o chef Hugo Nascimento dizer a quem estava presente, que com este livro, não pretendia que as pessoas fossem seguir todas as receitas à risca, como se um livro de culinária se tratasse. Gostava antes, que o livro fosse uma espécie de incentivo para largarmos o s pratos e criarmos receitas simples, com o que temos dentro do frigorífico. Juntar a isso uma das melhores bases para qualquer refeição - o pão. Já dizia o meu pai, mesa sem pão não é mesa.


Por isso, aqui vai um pica-pau que costumo fazer muito cá por casa aos domingos, acompanho sempre com pedaços de pão, para molhar naquele molho de ir aos ceús. Mas desta vez, foi a carne que se deixou levar por uma grande fatia de pão.

Uma boa semana para todos e um bom regresso a quem como eu, já gozou as merecidas férias. 

Ingredientes: (2 pessoas)
5 bifes (eu usei de porco)
1/2 cebola
5 dentes de alho
3 colheres de sopa de pickles
1 folha de louro
3 colheres de sopa de cerveja
2 colheres de chá de mostarda Dijon
azeite q.b.
sal, pimenta de moer, mostarda de moer q.b.
5 talos de tomilho limão.
1 baguete de pão malte

Comece por partir os bifes em tiras fininhas e tempere com sal, pimenta e mostarda em grão, umas folhas de tomilho frescas e reserve. Pique os dentes de alho em pedaços bem pequenos, e leve (metade da quantidade) ao lume com a folha de louro, a cebola picada e o azeite, numa frigideira anti-aderente. Deixe saltear uns minutos e adicione a carne, em lume médio saltei a carne mais uns minutos e adicione a cerveja, deixe cozinhar (sem parar de mexer) e por fim, adicione a mostarda e incorpore muito bem aos bifes. Não deixe cozinhar demasiado a carne, caso sejam bifes de vaca cozinhe durante menos tempo e caso uso os dois tipos, adicione a de vaca em ultimo lugar. Um minuto antes de desligar, adicione os pickles partidos em pedaços pequenos, o alho e as folhas de tomilho frescas.

Sirva numa baguete e com uma salada a gosto.



15 comentários:

  1. Desculpa Vera Ferraz, sem querer apaguei o teu comentário, é o que dá ir ver o email de manhã :)

    Aqui esta: Ficou tão lindo, com ar fresco e renovado.
    As tuas "imagens" são sempre de cortar a respiração e esta sugestão vem com aquele ar de férias e cheirinho de descontração!
    Que seja tranquilo este Setembro!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Setembro é por excelência e tu entraste com o pé direito :) uma "casa nova" mais fresca, limpa e à tua medida :) adoro :)
    E um texto enoooorme (para o teu hábito hehe) mas que uma sandwich de pica-pau bem merece a acompanhar (pica-pau a mim lembra-me férias hehe)
    Beijinhos da ressabiada que não teve férias-férias por isso é que está ressabiada :) bom recomeço :)

    ResponderEliminar
  3. já almocei, mas fiquei a BABAR! nhamiiiii *

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha de sandes :) E nesse paozinho melhor ainda!
    -
    Diogo Marques
    Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
    -

    ResponderEliminar
  5. Olá Marmita!
    Imagens lindas, novo look do blog inspirador, clean e por isso mesmo lindo, sanduíche de babar e fotos nem se fala ;)
    Ter um vício por livros é das coisas mais saudáveis que conheço, por isso, continua a abundar nessa inspiração sem fim que nós por aqui agradecemos!
    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Marmitinha... o look está mesmo ao teu estilo e combina bem com as tuas fotos e as tuas frases :) Faz bem mudar.
    Sou como tu com os livros, são as fotos que me cativam mas não me tenho dado mal :)
    Agora fiquei foi a salivar com o teu sanduíche...ai que fome! O pão é dos que mais gosto, adoro pão malte (bem escuro) e de centeio.
    Parabéns! e vou daqui a salivar com as tuas lindas fotos...
    Bjinhooos

    ResponderEliminar
  7. Como eu percebo o teu vício dos livros de culinária Marmita! Acontece-me precisamente o mesmo, basta ver um livro com umas belas fotos que quero logo comprar. Agora já comecei a reduzir no vício porque depois acabo por não seguir as receitas, mas a verdade é que basta folhear esses livros para vir a inspiração..
    Grande sandes e grandes fotos. Agora deixaste-me com vontade de comprar mais um livro..:P

    ResponderEliminar
  8. Como o link foi dar ao teu blog, fiquei sem saber o q vais mudar... Andas a baralhar-me o neurónio, lol!
    Adoro esse livro, já me serviu de inspiração para muitas sandochas!

    ResponderEliminar
  9. Também sinto sempre que o ano começa em Setembro, pois tb tiro sempre férias em Agosto!
    Gostei muito do post e da bela da sanduiche!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. Tomilho limão!! Uma receita com tomilho limão!! Adoro! (adorei tudo, a receita, o texto, as fotos, tudo). Obrigada!

    ResponderEliminar
  11. Lindo Marmita!!
    O teu blogue está lindo, clean e é um espaço onde apetece estar. Já o era, mas agora é-o ainda mais!!
    Amei esta sandes, pois sou louca por sandes e daí o querer tanto este livro quando saiu, pois é mesmo a minha cara.
    O teu pica pau está de tal forma apetitoso, que já lhe dava umas valentes trincas e ainda por cima nesse pão, que se vê a léguas que é pão a sério e não de plástico!
    Beijinho,
    Lia.

    ResponderEliminar
  12. Estivemos juntas nesse lançamento e será possível que ainda não tenho conseguido fazer nenhuma sandwiche!!! Já folheei várias vezes esse livrinho delícia... Mas o tempo! Ah grande inimigo!!!
    Mas não desisto... Antes das primeiras geadas há-de chegar uma sandwiche à Hugo 😉
    Beijinhos e... Deliciosa "chega de hambúrgueres" ❤️

    Cláudia

    ResponderEliminar
  13. Bonito em conformidade com as fotos. Gostei muito da primeira, tenho um tachinho igual e da receita claro. Ai o pãp quem me dera apanhá-lo por aqui.

    ResponderEliminar
  14. Estas fotos são muito inspiradoras!Beijinhos

    ResponderEliminar