Licor de maracujá


Um ano, sim passei um ano sem publicar aqui no blogue. Se pensei que isto alguma vez fosse acontecer, não nunca, mesmo sinceramente! 

Acho que quem me segue por aqui e me conhece sabe que nunca publiquei receitas por obrigação, tinha a minha rotina pensando eu até bastante saudável. Normalmente "criava" as receitas a caminho do emprego, comprava os ingredientes, confeccionava e fotografava sempre aos fins de semana. Depois agendava as receitas para todas as semanas ter uma receita nova a publicar. Começou por ser às quartas e depois era quando calhava, tinha sempre uma média de 10 receitas nos rascunhos do blogue para publicar, assim tinha receitas suficientes para aqueles fins-de-semana em que não conseguia criar novas. Era uma rotina saudável, sem pressão, sem regras, era quando dava e eu sempre adorei que fosse dessa maneira, sempre me deu muito prazer o meu blogue. Claro que no meio das receitas que partilhava, tinha uma ou outra marca que me contactava para trabalharmos em conjunto, mas tudo isto sem pressões e grandes ambições. Normalmente na vida sou super disciplinada com as minhas coisas, sempre fui daquelas pessoas que quando se inscreve num ginásio vai e quando deixa de conseguir ir, cancela. 

Quando soubemos na possibilidade de vir para a China, lembro-me de meu marido me dizer - Já viste agora vais conseguir ter mais tempo para o teu blogue e para fotografar. E entretanto pouco tempo depois engravidei do segundo filho e vim para a China, foi tudo muito rápido e os primeiros meses foram de grande adaptação e pós-parto, que como podem imaginar foi um mix de emoções. Aquele tempo que era suposto ter para o blogue, foi para adaptar a casa às nossas necessidades, passear pela cidade e tirar fotografias ao crescimento da minha mais nova (sim sou das mães que ainda faz álbuns fotográficos) e por fim, descansar, porque ser mãe de dois é dose.

No verão quando fui de férias a Portugal, encontrei-me com o Célio e a Rosa, claro que falámos de blogues, comida e muito mais, lembro-me perfeitamente que antes de ir embora o Célio dizer-me para voltar à minha marmita. Confesso que fiquei com aquilo na cabeça e no regresso pensei várias vezes se deveria ou não voltar, se as pessoas ainda liam blogues, se ainda os consultavam e se me iria sentir bem em voltar depois deste tempo todo de silêncio. 

Na altura do Natal vim aqui ao blogue pesquisar receitas para fazer, por graça, fui às visualizações e vi que mesmo não publicando há tanto tempo, naquele dia (ou seja madrugada em Portugal) tinha tido muitas visualizações de vários países do mundo. Nesse dia revivi muitas das minhas receitas e senti muitas saudades de voltar a fotografar comida. Nesse mesmo dia queria fazer um licor para ter aqui na noite da consoada, como já faria em Portugal alguns anos para a minha família (porque eu não consumo bebidas alcoólicas) e reparei que não tinha receita de nenhum licor, mas como é que é possível? Já fiz licores de tantos sabores e nunca tinha publicado nenhum aqui.

Foi então que dias mais tarde já em 2020 por graça fiz um questionário no meu Instagram e percebi que ainda havia muitas pessoas a gostar de blogues de culinária e com saudades da minha Marmita e voltei, aqui estou eu de volta com a receita do licor que me fez voltar, um licor bem simples que pode ser feito com diversas frutas mas caso não o queiram aromatizar com frutas, podem juntar à calda canela, baunilha, grãos de café, cascas de laranja e limão, que fica igualmente bom.

Se vou continuar muito tempo? Não sei, ficarei com toda certeza até eu me sentir bem.

Um meu obrigada aqueles que por mim esperaram.


* Receita para 1 litro

Ingredientes
700 ml de água
500 g de açúcar branco
4 maracujás maduros
500 ml de bebida branca (ex. bagaço ou vodka)

Numa panela coloque o açúcar com a água e deixe levantar fervura. Ferva durante 10 minutos mexendo de vez enquanto.

Corte os maracujás ao meio, retire a polpa e adicione-a à calda de açúcar, deixe ferver durante mais 10 minutos e deixe arrefecer por completo num frasco grande com tampa hermética.

Depois de arrefecido adicione a bebida branca, em todos os licores que fiz sempre usei bagaço que a minha sogra me dava, infelizmente aqui na China não tenho, por isso, substituí por vodka e quem o provou disse que estava bom. Deixe repousar no frasco num local seco e sem luz direta pelo menos durante  1 mês. Verta para garrafas a gosto.

Sirva num jantar de amigos ou ofereça no Natal.

* Bom apetite *



Sem comentários:

Enviar um comentário