Risotto de polvo e um convite para jantar

Cá estou eu novamente para mais um convite para jantar, depois do convite lançado pela Ana agora foi a vez da Suzana lançar o convite a um chef/cozinheiro das nossas vidas.

São muitos os chefs/cozinheiros que admiro mas confesso que o Jamie Oliver foi e será o culpado de tudo isto, acho que se ele não existisse provavelmente a Marmita também não existiria.

Leio muitas vezes pelos blogs que muitas de vocês receberam o "gosto" de cozinhar pelas vossas mães/avós e acho lindo. Comigo não se passou assim, apesar de a minha mãe não ser má cozinheira nunca tive grande curiosidade em aprender a cozinhar enquanto vivia em casa dela. Quando acabei por sair de casa ainda bem nova aí sim, ligava-lhe a perguntar como se faz isto ou aquilo num desespero total... mas posso dizer que o "gosto" pela cozinha foi pelo Jamie e pelos seus programas ao longo destes anos. A sua simplicidade, humildade a cozinhar, o gosto pelo que vem da "terra" e a sua rapidez de execução. Por isso, não fazia sentido convidar qualquer outro chef.

Jantava com muito gosto com ele, talvez acabasse por ser ele fazer o jantar e eu ficava fixada a olhar como se de um novo programa se trata-se, bem real na minha cozinha.  Acabava por lhe ir mostrar as minhas ervas aromáticas na varanda, as compotas que vou fazendo, os azeites aromatizados, todas as conservas que tento fazer cá em casa, acho que ele se sentiria orgulhoso de mim.

Este jantar tinha de ser especial, por isso lembrei-me de fazer um arroz de polvo bem Português... mas depois pensei e porque não risoto que ele tanto adora por isso, peguei num polvo fresco que tinha cá em casa que um amigo do meu marido pescou na margem sul, juntei-lhe um arroz de risoto, uns coentros cá da "horta" e acabei com um queijo em azeite à espera de ser utilizado algum tempo



Ingredientes:
1 polvo (500 grs)
2 cebolas
1 dente de alho
2 colheres de sobremesa de sementes de funcho
sal, pimenta e mostarda em grão moída
1 chav de arroz de risoto
1 molho de coentros
 Queijo de cabra ou parmesão q.b.

Numa panela bem grande colocar o polvo, uma cebola inteira, as colheres de sementes de funcho, a mostarda e a pimenta, deixar cozer durante 45 minutos ou até o polvo ficar bem tenro.

Numa panela mais pequena picar a cebola e um pouco de coentros, regar com com um fio de azeite e refogar uns minutos até a cebola ficar bem dourada, e depois fazer o processo do risoto ver aqui usando o caldo onde foi cozido o polvo, tive de o coar por causa das sementes e depois colocar á medida que o risoto vai "pedindo", em vez de vinho desta vez usei rum e no final servi um prato com parmesão e outro com o queijo de cabra aromatizado e bastante coentros frescos por cima

E assim foi o meu jantar!





28 comentários:

  1. Apesar de muita gente não gostar da maneira dele na cozinha, porque mexe na comida com as mão, e é muito "badalhoco" como já lhe ouvi chamar, eu adoro o modo dele cozinhar. A simplicidade, a escolha correta dos ingredientes sempre frescos agrada-me imenso.
    Tal como o teu risotto, fresco, aromático e como sempre com uma apresenteção muito bonita.
    Gostava de ter estado presente nesse jantar.
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Mais uma óptima sugestão :D

    Obrigada!

    ResponderEliminar
  3. Ficou maravilhoso este risotto!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Que bela sugestão e o convidado não podia ser o mais apropriado. Também gosto muito das receitas, dos programas e td do Jamie Oliver.

    ResponderEliminar
  5. Este risoto e este cheirinho a coentro, aposto que ele não se vai esquecer

    ResponderEliminar
  6. Marmita,

    O amor pela comida e o prazer de partilhar a mesa é algo que é evidente no Jamie. Eu por mim gosto muito do discurso e daquela capacidade de tornar as receitas contagiantes. O jamie em Itália (juntamente com o Jamie at Home) são os meus livros favoritos. O risotto parece-me lindamente!!

    Obrigada pela participação, pelo convidado e pelo prato bonito. :)

    Um beijo*

    ResponderEliminar
  7. Marmita,
    faço minhas as palavras da Gisela. Eu gosto imenso da maneira como ele se mexe na cozinha. E é isso uma das coisas que me fascina nele.
    Eu adorava o programa dele na casa de campo. Que maravilha vê-lo a ir buscar os legumes ali mesmo. Faz-me lembrar quando vou para a terra dos meus sogros.

    Mas em relaçao à cozinha eu tive grandes referencias na familia. A minha mãe era uma excelente cozinheira mas nunca aprendi a cozinhar. Foi quando casei que comecei a fazê-lo. Enfim, ja estou alongar e peço desculpa.

    Adorei o teu convidado, as fotos lindas que quase se sentem os aromas e a escolha deliciosa.
    Obrigada
    Bjo doce:*

    ResponderEliminar
  8. Um risotto com aspecto maravilhoso. Parece que até lhe consigo sentir o cheirinho. Também gosto muito do Jamie e da sua maneira simples de ser e de cozinhar. Ele deve ter apreciado imenso este jantar! :) Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Só podia ser o Jamie.
    Tenho a certeza que ia adorar este risoto. Está com um aspecto delicioso.

    ResponderEliminar
  10. Confesso que gosto das receitas dele no programa que seguia religiosamente, mas os livros não sei porquê não me fascinam dessa maneira. Acho que gosto mais de vê-lo trabalhar e andar pela horta em busca de matéria prima para a próxima receita.
    Este rissoto é a cara dele e acho que ele ia adorar o sabor do nosso polvo.

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  11. Pois é, e agora?! Será que podemos convidar o mesmo chef?! Foste muito adiantada :) Até na escolha do chef somos parecidas ;) Eu adoro o Jamie é o meu preferido e estava com vontade de o convidar. Será que posso? :)
    Adorei o teu risotto e aposto que ele adorou. Descreveste-o muito bem não sei se era capaz de tanto. De qualquer maneira fiquei contente com a tua participação. Parabens.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  12. Que rico este rissoto, con el pulpo se ve genial.
    Un besín.

    ResponderEliminar
  13. Olá,

    A combinação do risotto de polvo com queijo de cabra parece-me fantástica! O Jamie é excelente, mas eu escolheria o descabelado do Gordon =) Beijinhos

    O teu blog tem sempre ótimas sugestões!

    ResponderEliminar
  14. Gosto da forma como torna a cozinha acessïvel a todos, mesmo os que não sentem como nós o chamamento dos pratos e das panelas. Vi algums programas dele e tenho gostado, especialmente da sua perspectiva em relação aos produtos que usamos.
    Estou encantada com a tua participação, a última foto então, está uma doçura.
    bjsbjs

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Tenho de confessar que o Jamie era um dos chefs que estava tentada a convidar para jantar!
    Eu gosto do envolvimento que ele tem com a comida e com as pessoas. essencialmente a paixão que ele tem na cozinha, e que tão bem te passou :)
    adorei as fotos e o risotto :)

    ResponderEliminar
  17. Um convidado que eu também não me importaria de ter à minha mesa ou eu ir à sua casa :) Gosto do Jamie, da sua simplicidade e envolvência com a comida. Faz parecer tudo tão simples e saboroso. Mostra bem a paixão que sente. Penso que ele iria adorar este risotto, tão português. Parabéns.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. É verdade, o Jamie torna a cozinha simples e apetecível. Deve ter gostado desse risotto. Eu gostei, pelo menos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Uma escolha perfeita para um dos chefes que me inspira!
    Bravo ;)
    Babette

    ResponderEliminar
  20. Óptima ideia, bom apetite!

    Www.levedar.com

    ResponderEliminar
  21. Olá,
    A combinação de ingredientes para mim está perfeita.
    Tem queijo de cabra que adoro.

    A convidar alguém para jantar tb seria,o Jamie Oliver adoro a comida dele simples e com requinte.Ahhh pensei que já era seguidora do teu blg mas era)).Agora sim já estou seguindo,espero que faças o mesmo:)

    Um bjinho

    ResponderEliminar
  22. Tão bom!Que perfeito!parabens..bjinhos

    ResponderEliminar
  23. Belo Risoto.

    Bjs

    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  24. Marmita,
    Esse risotto esta com um aspeto maravilhoso... Que delicia deve ter ficado, so de olhar ate da agua na boca :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Parabéns nesse 8 de março, hoje e em todos os dias que hão de vir, fincados no respeito e na solidariedade de todas as mulheres.

    com carinho,

    as mulheres da cozinha dos vurdóns
    http://cozinhadosvurdons.blogspot.com/2012/03/mulher-rromi-cigana.html

    ResponderEliminar
  26. Olá Marmita:)
    Adorei a tua participação, que bela escolha de menu, não podia ter sido mais bem pensado!! Partilho a mesma paixão pelo Jamie e confesso que ponderei em também convidá-lo!:)
    Beijinhos e bom fim de semana:)

    ResponderEliminar
  27. Que maravilha de receita e de blog=) Gostei muito, vou seguir com atenção pois parece que vou ter boas surpresas=)
    Também admiro o Jamie Oliver, pela sua simplicidade e humildade, tenho a certeza que ele ia apreciar este jantarinho feito em sua honra!
    Beijinhos e boa semana**

    ResponderEliminar
  28. Querida Marmita, como foi bom conhecer-te :)
    Adorei o dia de ontem, a companhia foi perfeita.
    Tive de vir rever este teu jantar com o nosso Jamie, que tão bem nos acompanhou :)) Adoro este senhor.
    Seria maravilhoso partilharmos um jantar assim com ele.
    Há que sonhar :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar